Diferenças

Aqui você vê as diferenças entre duas revisões dessa página.

Link para esta página de comparações

Ambos lados da revisão anterior Revisão anterior
Próxima revisão
Revisão anterior
start [12/11/2018 13:30]
felipe [Curadoria]
start [12/09/2019 10:24] (atual)
felipe [Consultas]
Linha 12: Linha 12:
 ===== Histórico===== ===== Histórico=====
 <​html><​p align="​justify">​ <​html><​p align="​justify">​
-<​b>​Versão 1.0:</​b>​ A primeira versão do sistema Jabot teve seu desenvolvimento iniciado em 2002 e entrou em funcionamento em 2005. O desenvolvimento do sistema foi precedido de um criterioso processo de levantamento de requisitos, realizado por meio de entrevistas e reuniões com um grupo composto de aproximadamente 50 pesquisadores do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro e, um especial envolvimento da curadoria do maior herbário do Brasil e da coleção viva (arboreto). Como consequência desse processo, foi especificado um sistema adequado aos diversos tipos de pesquisas realizadas nos laboratórios de uma instituição de pesquisas botânica, tais como: biologia molecular, botânica estrutural, sementes, algas e fungos; além das coleções vivas e do herbárioEm sua primeira versão, o sistema permitiu pesquisas nas seguintes ​coleções científicas de exsicatas, arboreto, carpoteca (frutos), xiloteca (madeira e laminário) e fototeca.<​br>​ +<​b>​Versão 1.0:</​b>​ A primeira versão do sistema Jabot teve seu desenvolvimento iniciado em 2002 e entrou em funcionamento em 2005. O desenvolvimento do sistema foi precedido de um criterioso processo de levantamento de requisitos, realizado por meio de entrevistas e reuniões com um grupo composto de aproximadamente 50 pesquisadores do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro e, um especial envolvimento da curadoria do maior herbário do Brasil e da coleção viva (arboreto). ​ 
-Em sua primeira versão, o sistema permitiu pesquisas nas seguintes coleções científicas de exsicatas, arboreto, carpoteca (frutos), xiloteca (madeira e laminário) e fototeca. ​Porém, sugestões de novas funcionalidades,​ em razão de avanços computacionais e da incorporação de novas coleções botânicas, provocou a criação de uma versão atualizada do sistema.+Como consequência desse processo, foi especificado um sistema adequado aos diversos tipos de pesquisas realizadas nos laboratórios de uma instituição de pesquisas botânica, tais como: biologia molecular, botânica estrutural, sementes, algas e fungos. ​Nessa primeira versão, o sistema permitiu pesquisas nas coleções científicas de exsicatas ​(herbário), arboreto ​(vivas), carpoteca (frutos), xiloteca (madeira e laminário) e fototeca. 
 +<br/
 +Porém, sugestões de novas funcionalidades,​ em razão de avanços computacionais e da incorporação de novas coleções botânicas, provocou a criação de uma versão atualizada do sistema.
 </​p></​html>​ </​p></​html>​
 +
 <​html><​p align="​justify">​ <​html><​p align="​justify">​
 <​b>​Versão 2.0:</​b>​ Sugestões de novas funcionalidades,​ em razão de avanços computacionais e da incorporação de novas coleções botânicas, provocou a criação de uma versão atualizada do sistema. Além dos novos módulos, houve uma atualização da interface para a forma responsiva, permitindo também seu uso em smartphones. Todo o desenvolvimento do sistema foi realizado no próprio instituto utilizando software livre, mais especificamente na linguagem de programação PHP e com o banco de dados Postgresql. <​b>​Versão 2.0:</​b>​ Sugestões de novas funcionalidades,​ em razão de avanços computacionais e da incorporação de novas coleções botânicas, provocou a criação de uma versão atualizada do sistema. Além dos novos módulos, houve uma atualização da interface para a forma responsiva, permitindo também seu uso em smartphones. Todo o desenvolvimento do sistema foi realizado no próprio instituto utilizando software livre, mais especificamente na linguagem de programação PHP e com o banco de dados Postgresql.
 +</​p></​html>​
 +
 +<​html><​p align="​justify">​
 +<​b>​Versão 3.0:</​b>​ A versão 3 do sistema foi iniciada em 2016 quando herbários parceiros passaram a utilizar o Jabot no gerenciamento de suas coleções científicas. Estão sendo desenvolvidas funcionalidades,​ muitas baseadas em sugestões dos curadores. Tais recursos possibilitarão a integração entre os diversos herbários, permitindo o uso colaborativo de dados, facilitando o trabalho dos usuários e curadores.
 </​p></​html>​ </​p></​html>​
 ---- ----
Linha 41: Linha 48:
   * [[Excluir Testemunho]]   * [[Excluir Testemunho]]
   * [[consulta_interna_gerar_etiquetas|Gerar etiquetas]]   * [[consulta_interna_gerar_etiquetas|Gerar etiquetas]]
 +  * [[Cadastrar Coleção correlata|Coleção Correlata]]